Principais notícias do mercado de criptomoedas e queda de mercado

Separamos uma lista.

0

Nesta semana, o mercado de criptomoedas enfrentou um movimento de baixa, somente o Bitcoin perdeu cerca de 22% de seu valor. Devido a isso, o ativo acabou puxando todos os outros, inclusive a Solana que enfrenta queda de 10% nesta segunda-feira (06).  Iremos abordar um pouco mais sobre o assunto neste artigo, com o Folha Go. Portanto, se quiser saber mais sobre o assunto, basta continuar a leitura conosco.

Mercado de criptomoedas enfrenta movimento intenso

A semana começou nebulosa para o mundo cripto. No final da sexta-feira (3), as principais criptomoedas do mercado tiveram uma queda abrupta, não se recuperando até o momento. O Bitcoin rompeu o suporte dos US$ 53 mil, chegando a bater uma mínima de US$ 45.838 na manhã de sábado (4).

A queda já reflete no ânimo do mercado, afinal, o índice Fear & Greed saiu de 33 na última semana para 16 hoje, mostrando que os investidores estão em medo extremo. Mas o que de fato aconteceu? Ao que parece uma liquidação no mercado à vista no final de semana desencadeou liquidações de futuros no valor de várias centenas de milhões de dólares, o que ajudou os preços despencarem ainda mais.

Além disso, as criptomoedas passaram por turbulências desde o surgimento da variante Omicron de coronavírus, acompanhando o mercado de ações global que também despencou mundo afora. Aliado ao temor da nova variante de Covid-19, o aumento dos rendimentos de títulos do Tesouro dos EUA pode estar levando os investidores a ativos mais seguros, com menos apetite ao risco.

Isso sem contar que a China recentemente baniu efetivamente as transações com criptomoeda e mineração, e a Índia apresentou uma legislação que poderia proibir todas as criptomoedas.

Soma-se a isso o projeto de lei de gastos dos Estados Unidos que foi recentemente assinado, incluindo novos impostos para as corretoras de criptomoedas. Ainda é cedo para saber quais dessas notícias mais impactaram o mercado, entretanto, para investidores de longo prazo, o momento pode ser uma boa oportunidade para o aumento de aportes, diminuindo o preço médio de compra. Inclusive, o longo prazo é tão promissor para o mundo cripto, que os NFTs podem revolucionar o Spotify, assim como revolucionou a indústria da arte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.