Operações com criptomoedas serão habilitadas pelo Mercado Pago

Créditos da imagem: Freepik
0

Embora ainda não se tenha uma data pré definida, as operações com criptomoedas serão habilidades pelo Mercado Pago. Dessa vez para os mais diversos tipos de moedas digitais. A FolhaGo traz mais informações nesta quinta-feira (2).

operações com criptomoedas Créditos da imagem: Freepik

O Mercado Pago é um dos principais braços financeiros do Mercado Livre, e o anúncio dessa nova funcionalidade não é novidade. Já faz alguns dias que essa novidade de compra e venda de criptomoedas se tornou pública pela empresa.

Contudo, agora, outros tipos de operações com criptomoedas também estarão habilitados dentro da plataforma. Através do aplicativo será possível comprar e vender as moedas digitais de forma simples e rápida em território nacional.
Parceria com a Blockchain Paxos
Todo o trâmite está correndo em parceria com a Paxos, e assim, os usuários que possuem conta no Mercado Pago, poderão fazer suas transações, usando o Bitcoin, Ethereum, Stablecoins entre outros criptoativos.

A novidade, é que será possível fazer operações com criptomoedas desde as mais conhecidas, até as mais novas no mercado. Desde que elas custem mais de R$ 1,00. De acordo com a empresa, existem outra moedas digitais que podem ser incluídas mais para frente. Quem tem interesse nesse tipo de transação precisa ficar atento ao que é lançado.

Ainda não há data prevista para que essa funcionalidade comece a funcionar. Mas ao que se sabe é que o anúncio deixa toda a informação mais próxima de realmente começar a valer.
Operações com criptomoedas e a compra de bitcoins
Esse burburinho sobre o Mercado Pago permitir operações com criptomoedas vem acontecendo, desde que a empresa anunciou ter comprado mais de 7 milhões de dólares em bitcoins. Com isso, a direção dos criptoativos virou uma estratégia do comércio eletrônico.

operações com criptomoedas Créditos da imagem: Freepik

De acordo com Tulio Oliveira, vice-presidente da plataforma, a intenção é de que pelo menos 20 milhões de usuários possam ter acesso. Principalmente para comprar as moedas através do próprio aplicativo.

Além disso, revelou que a intenção é liberar isso o quanto antes, já para as próximas semana, embora ainda não tenha uma data certa prevista. As operações com criptomoedas devem custar em torno de 2% das vendas.

Na semana anterior, o anúncio foi feito no Twitter, e a empresa alegou que as modalidades de compra e venda das criptomoedas seriam uma novidade na plataforma. Além disso, vale ressaltar que até o momento, a empresa não permite que o saldo das criptomoedas vá para compras no Mercado Livre. Isso ainda não está totalmente definido, mas essa opção pode ficar liberada apenas mais para frente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.