Anúncio

Como fazer húmus de minhoca? Adubo natural e de baixo custo

Faça o seu próprio húmus de minhoca e garanta o desenvolvimento saudável das suas plantas.

Anúncio


Continua depois da publicidade

A palavra húmus é de origem latina, contendo como significado “matéria orgânica em decomposição”. Em florestas o húmus é produzido de maneira natural por conta da decomposição das folhas e de galhos. Entretanto, hoje, 15 de janeiro de 2022, o Horta, Jardim & Cia do Folha Go, te mostra como fazer húmus de minhoca.

Continua depois da publicidade

Saiba como fazer húmus de minhoca

O húmus de minhoca ocorre com a excreção do animal. As minhocas ao se alimentarem de restos orgânicos, animais ou vegetais, passam por um processo químico em seus intestinos que ao eliminarem a matéria irão produzir um húmus escuro, como pó de café, e com cheiro de terra de mata. Esse substrato provocado pelas minhocas além de nutrir as plantas, as previne de doenças.

Continua depois da publicidade

Confira aqui: Saiba como podar o pé de chuchu para dar mais frutos

Primeiros passos para fazer o húmus de minhoca

Como fazer húmus de minhoca - Reprodução Canva Pró
Como fazer húmus de minhoca – Reprodução Canva Pró

Antes de tudo é importante adquirir as minhocas para o seu canteiro ou minhocário, sendo a espécie mais indicada a tipo vermelha da Califórnia, pois esse gênero de minhoca é capaz de produzir mais nutrientes resultando em um melhor adubo para as suas plantas.

É importante saber que as minhocas são vendidas em litro, sendo metade dele minhocas e a outra metade composto, então para iniciar dois litros por metro quadrado é o suficiente.

Se você for fazer o húmus de minhoca em um canteiro ao invés de um minhocário, cerque o local com madeiras, bambus ou se preferir tijolos, em uma altura de 50 centímetros e 1 metro de largura, isso irá assegurar que as minhocas não saiam do seu canteiro e consigam caminhar pela terra.

Preparando a compostagem das minhocas

Para que as minhocas produzam o húmus é necessário que elas se alimentem de matéria orgânica, podendo ser materiais úmidos e secos que serão transformados em adubos pela minhoca. Dentre os alimentos úmidos que você pode adicionar a terra estão inclusos: talos de vegetais, cascas de vegetais e frutas, restos de alimentos cozidos ou estragados, filtros de café com a borra e saquinhos de chá utilizados, cascas de ovo picadas, flores e folhas mortas.

Fabrique o húmus em um canteiro e adicione esterco de gado em sua compostagem as minhocas, pois isso melhora o fertilizante que está produzindo. Os materiais secos auxiliam para que o ar continue no local, e evitam um odor indesejado na sua produção. Entre os alimentos secos para as minhocas estão: folhas secas de plantas e árvores, grama cortada seca, jornal, serragem, etc.

Local ideal para o seu canteiro

As minhocas não gostam de muita luz, em um minhocário os animais estarão dentro de caixas fechadas, então estarão sendo preservadas dessa exposição. Então, se você deseja fazer o seu húmus em um canteiro, não se preocupe. Apenas escolha um local com sombra e úmido, podendo cobrir o ambiente em momentos de luz solar.

Como utilizar em suas plantas e benefícios

Em torno de 2 meses o seu húmus estará pronto e você já poderá utilizá-lo para adubar as suas plantas. Se a planta que você for adubar precisar de grande quantidade de matéria orgânica. Basta você adicionar o seu húmus de minhoca ao local onde sua planta está cultivada. Entretanto, se for uma planta que não necessite de um solo tão fértil, procure unir ao seu húmus uma porção de terra.

O húmus da minhoca é repleto de nitrogênio, fósforo, potássio, magnésio e demais elementos que irão garantir que as suas plantas sejam bem adubadas. Ademais proporcionando um bom crescimento, desenvolvimento e nutrientes para suas ervas.

Cuidados especiais e dicas

Ao realizar a compostagem, evite adicionar frutas cítricas, além de alho e cebolas, pois estas interferem na qualidade do seu húmus. Comidas salgadas ou ácidas, carnes, gorduras e laticínios também devem ser evitados.

Se a sua produção foi feita em um minhocário, então saiba que o chorume produzido por ele, também é utilizado diluído em água como pesticida e adubo para suas plantas.

Confira aqui: Botões que não viram flores: o que pode ser o abortamento da planta?

LAVANDA; veja o passo a passo para cultivar essa lindeza

Carregando comentários aguarde...
...
...