Instituições financeiras apontam queda do mercado Cripto em 2022

Créditos de imagem unsplash
0

O ano de 2021 foi marcado por vários eventos marcantes ligados ao mercado de criptomoedas. E um deles, com certeza, foi o aumento da aceitação desses tipos de ativos por instituições financeiras tradicionais.

Mas, apesar do aumento da aceitação, grandes gestoras de fundos, empresas institucionais e big players do mercado apontam que existe a possibilidade de que o mercado rompa qualquer solidez que tenha construído com o passar dos anos.

Antes de mais nada, o investidor lucrativo sabe que só se deve comprar na baixa e vender na alta. Visto isso, pode ser que seja possível suspeitar que essas grandes empresas, gestoras de fundos e big players queiram, de alguma forma, manipular o sentimento do mercado.

Por sorte os leitores desse texto estão ungidos com as melhores notícias e informações sobre o mercado na Folha Go.

Bitcoin Hoje / Reprodução: unsplash

Criptomoedas têm chance de queda em 2022

75% das grandes instituições que passaram a investir em criptomoedas no ano de 2021 alegam que o mercado de cripto ativos pode sofrer uma grande correção no ano de 2022. E essa declaração feita pode soar um tanto quanto estranha para muitos, uma vez que pode parecer pretensiosa no que tange manipulação do sentimento de mercado.

De qualquer forma, o levantamento feito pela Natixis Investments Managers indicou que 75 % das instituições que foram entrevistadas apontaram uma visão pessimista sobre o mercado para o ano que está por vir. Ainda alegaram que esse tipo de ativo pode não ser uma boa opção para investidores varejistas.

A grande questão, e retomando a massiva opinião pública sobre esse tipo de manifestação de grandes instituições, é que quase 30 % dessas empresas que declararam incredibilidade no mercado de ativos digitais para o próximo ano investem em criptomoedas.

Um tanto contraditório se não fosse óbvio que isso é uma tentativa infame de tentar manipular o mercado de alguma forma para alocar mais investimentos numa realidade de baixa nisso tipo de ativo.

Por que é possível afirmar isso? Simples! Segundo a rede de notícias Bloomberg quase um terço dessas mesmas empresas alegaram ter pretensão de alocar mais investimentos em criptoativos no decorrer do tempo.

O que esperar de 2022?

Quem já está no mercado há mais tempo sabe que sempre surgem grandes players que tentam profetizar os movimentos de alta e baixa quando, na verdade, a volatilidade do mercado consegue superar até mesmo a opinião alheia.

É claro que declarações como essa oferecem riscos. Mas, no momento existem preocupações maiores para o mercado do que os institucionais que, por sinal, representam uma parcela muito pequena do mercado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.