Marcos Papa, abraça a causa animal: conheça os projetos do vereador – Entrevista Parte II

Veja detalhes da atuação do Vereador e sua mensagem sobre Abril Laranja e atuantes na causa animal

Caros leitores, hoje (15/04), aqui no Cidades do Folha Go vamos compartilhar a segunda parte da entrevista com o vereador Marcos Papa.  Na primeira parte, conhecemos um pouco mais da história do vereador e a sua relação com os animais. Agora, na segunda parte, detalhamos mais sobre os projetos da causa animal.

Desde já, continue acompanhando essa entrevista super interessante, e que certamente, você não pode perder. E assim, fique por dentro de como funcionam esses projetos, e a importância de políticas públicas voltadas para a causa animal.

-- Continuar depois da publicidade --

A boa notícia é que após a primeira entrevista, o vereador teve a ideia de formular um Projeto de Lei para o Abril Laranja em Ribeirão Preto (SP). Assim que estiver em andamento e votação traremos as novidades aqui em primeira mão no Site do Folha Go.

O município conta com várias leis sobre fiscalização e conscientização de animais, mas não tinha especificadamente sobre o Abril Laranja com data definida para organizar ações na cidade.

Ademais, confira ainda: Proteção animal e os benefícios da castração em cachorros.

Projetos sobre a causa animal – Confira a entrevista com o vereador Marcos Papa

Projeto Abril Laranja
Conheça alguns dos projetos do vereador Marcos Papa Foto Arquivo Pessoal
Folha Go: Quais os projetos que já foram aprovados? 

Marcos Papa – Sou autor da Lei Municipal n° 14.332, de 20 de maio de 2019, que cria um programa de adoção de animais de grande porte abandonados em via pública ou vítimas de maus-tratos.

Esses animais são recolhidos atualmente por uma empresa contratada pela Prefeitura e podem ser adotados por munícipes ou entidades. Contudo, apesar de estar vigendo há quase dois anos, a Lei ainda carece de regulamentação por parte do Executivo, em mais um exemplo do descaso da Prefeitura para com a causa.

Folha Go: Em sua opinião existe negligência das Políticas Públicas no cuidado dos animais? Se sim, o que poderia ser feito? 

Marcos Papa – Existe muita negligência e poucas políticas públicas! Infelizmente, são raros os gestores que de fato entendem que a causa animal está diretamente ligada à saúde pública e investem, por exemplo, em campanhas de castração em massa. Esse é, sem dúvida, um dos principais problemas de Ribeirão Preto e de muitas cidades do País.

Uma gatinha pode parir uma ninhada até seis vezes por ano. Uma cachorrinha até duas vezes. Estamos falando de uma população gigantesca. Estima-se que Ribeirão Preto (SP) tenha mais de 100 mil animais errantes atualmente. Como a Prefeitura não faz a lição de casa sobrecarrega os protetores, que eu particularmente chamo de heróis anônimos.

-- Continuar depois da publicidade --

Folha Go: Gostaria de falar sobre algo que não abordamos hoje, mas lhe traz preocupação? 

Marcos Papa – A falta de estrutura dos setores públicos responsáveis pela causa animal é algo que me preocupa. No caso de Ribeirão Preto (SP), a Coordenadoria de Bem-Estar Animal não conta sequer com um aparelho de raio x, não faz exames básicos, como o de sague, não tem sequer convênios com os cursos de medicina veterinária das faculdades locais.  

Não por outro motivo afirmei no relatório final da CPI da Eutanásia que trata-se de um Centro de Extermínio de Animais que até pouco tempo assassinava cães e gatos recolhidos e não os eutanásia, como prevê o Guia de Boas Práticas do Conselho Federal de Medicina Veterinária em situações específicas.

Dessa forma, em Ribeirão Preto (SP), temos apenas um veterinário na CBEA atualmente trabalhando praticamente meio período, o que resultou até mesmo na suspensão das castrações. Ainda temos um castramóvel enferrujando no pátio da Coordenadoria. Falta fiscalização por parte da Prefeitura e punição severa para quem abandona e/ou maltrata animais.

Sendo assim, com relação aos animais de grande porte também há muitas falhas. Muitos perambulam soltos pelas vias públicas arriscando a própria vida e a vida dos condutores. Por fim, e de modo geral estes estão expostos a maus-tratos e abusos que raramente são punidos como o rigor da lei.

Me preocupa também o uso da causa animal para fins eleitoreiros. Tirar fotos com animais em véspera de eleição engana muita gente. Muitos políticos nunca se preocuparam de fato com os animais, não conhecem de fato os problemas da causa, nunca cobraram melhorias e investimentos dos governos, mas usam o tema para se promoverem, criam falsas expectativas e posteriormente revoltas geradas por frustrações. 

Folha Go: O que o Senhor sabe sobre o Abril Laranja e qual sua mensagem para nossos leitores?  
Marcos Papa
Marcos Papa, vereador da causa animal, fala de projetos e Abril Laranja – Entrevista Parte II Foto – Youtube

Marcos Papa – O Abril Laranja é o mês de conscientização e prevenção contra a crueldade animal. A data é comemorada em várias cidades brasileiras, inclusive pelos Estados de Goiás e de São Paulo.

Porém, vale destacar que maus-tratos é crime previsto na Constituição Federal cuja pena é de dois a cinco anos de prisão, além de multa. Os animais têm direitos que devem ser atendidos e respeitados diariamente, mas o Abril Laranja é importante para mobilização e reforço dessa conscientização.

Portanto, em Ribeirão Preto (SP) tem várias leis relacionadas aos animais, mas carece do principal, que é o investimento por parte do governo, seguido por fiscalização. Afinal, seguiremos cobrando em documentos oficiais e publicamente até que nossos animais tenham o respeito e o cuidado que merecem, até que nossa cidade tenha políticas públicas efetivas. E é essa a mensagem que quero deixar aqui.

Por isso, aos protetores, minha eterna gratidão. Aos gestores, que invistam na causa animal, principalmente em castração, vacinação e fiscalização. Só quem tem um animal sabe o que o amor se sente e que recebe diariamente.  

Por fim, para saber mais do trabalho do vereador Marcos Papa acesse aqui suas redes sociais e conheça os recursos que elas disponibilizam ao público em geral.

Gostou da matéria? Deixe seu comentário e compartilha com seus contatos, assim vamos multiplicando informações relevantes e atuais.

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...