Andrés Sanchez diz que não volta mais ao Corinthians

Andrés Sanchez fez um um balanço positivo de sua passagem pelo futebol e diz que ao final deste mandato não voltará mais ao Corinthians

Anúncio


Andrés Sanchez foi um dos presidentes mais simbólicos e importantes da história do Corinthians e agora representa o fim de um ciclo no clube Corintiano. Foi em 2007 que começou seu primeiro mandato, mas já exercia cargo de direção na base do Corinthians em 1994.

Continua depois da publicidade

Veja também: Rogério Ceni prepara Flamengo para encarar o Racing pela Libertadores

Desta forma, sempre esteve perto do futebol, incluindo até uma passagem pela CBF, entre 2011 e 2012, e vários outras cargos dentro do Corinthians. Além dessa atual e última gestão, que começou em 2018.

Continua depois da publicidade

Para Andrés Sanchez tudo vai ficar no passado. Em uma recente entrevista feita pelo site Uol, disse estar cansado do futebol e prometeu não voltar mais ao clube como dirigente. Se despedindo, Andrés Sanchez tenta ser um pouco humilde, pediu desculpas e admitiu alguns erros, mas também citou alguns exemplos positivos de seu mandato, que foram: a construção do estádio do Corinthians (Neo Química Arena), do CT Joaquim Grava e a contratação de jogador Ronaldo Fenômeno.

Continua depois da publicidade

Insatisfação

Andrés Sanchez diz que não volta mais ao Corinthians/ Foto: Globo Esporte
Andrés Sanchez diz que não volta mais ao Corinthians/ Foto: Globo Esporte

Com tudo isso, ele se diz insatisfeito pois, para ele, as pessoas são ingratas e por isso sua trajetória no Corinthians acabou. Por tal insatisfação, se licenciou do cargo de presidente antes do término de seu mandato, dia 11 de novembro.

A eleição para o novo presidente do Corinthians será no dia 28 de novembro e o eleito assume o clube em janeiro de 2021. Segue algumas falas por ele dita no site Uol:

De Corinthians, na parte futebol, acabou meu ciclo. Vou ser sócio, frequentar o clube, ser torcedor como muitos milhões de torcedores. É pedir desculpas para aquele que acha que eu errei e agradecer aquele que me apoiou. Eu tenho certeza de que errei, mas tenho certeza de que eu acertei muito mais”.

Também afirmou: “Hoje, você está aqui no CT do profissional. Fui eu que fiz. Você foi no CT da base. Fui eu que fiz. Você vai na Arena. Fui eu que projetei. Sem falar que trouxe o Ronaldo, sem falar os títulos que nós ganhamos. E perdemos também. Então, tem acertos e os erros como em qualquer lugar da sociedade”

Andrés Sanchez também prometeu que não irá participar em nada da gestão de Duílio Monteiro Alves, seu diretor de futebol, que é candidato à presidência do Corinthians. Ele não pretende voltar mais ao futebol e, um dos motivos para isso, é sua opinião sobre o futebol atualmente.

Considera que é muito mimimi, que é muito disse-me-disse, e é muita onda. Que vende jogador, tem esquema. Que compra jogador, tem esquema. Que não põe para jogar, tem esquema, ou seja, para cada ação há um esquema por trás. Enfim, disse que está insuportável e que não tem mais paciência para isso.

Futuro de Andrés Sanchez

Como está sem paciência para o futebol, Andrés Sanchez vai deixar o futebol e promete voltar a cuidar dos negócios da família. Sendo filho de imigrantes espanhóis, ele trabalhou dos 12 aos 17 anos como feirante em uma banca de frutas de seu pai.

Aos 20 anos, foi admitido como gerente de uma empresa de embalagens de um primo, da qual veio a se tornar sócio. Também disse que vai voltar a trabalhar nas empresas da família, como sempre fez.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies