São Paulo tem dificuldades contra times debaixo da tabela

Equipe paulista continua repetindo o primeiro turno e tem dificuldade com os times que estão na parte de baixo da tabela

Anúncio


O São Paulo deixou de somar quatro pontos a mais na tabela do Campeonato Brasileiro nos últimos dois jogos contra as equipes que lutam para fugir do rebaixamento, em que teve um intervalo de apenas quatro dias.

Continua depois da publicidade

No domingo passado, dia 22 de novembro, o São Paulo empatou seu jogo com o Vasco por 1 a 1, que é o primeiro time da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Continua depois da publicidade

Na quarta-feira, dia 25 de novembro, empatou mais um jogo, agora contra o time do Ceará, que é apenas o 15º colocado e está a dois pontos da zona de rebaixamento.

O próximo jogo do São Paulo será no sábado, dia 28 de novembro, às 19h em Salvador, contra o time do Bahia, e o time precisará ficar esperto, pois o Bahia também ocupa a parte debaixo do Campeonato Brasileiro, estando na 11ª posição.

Essa dificuldade apresentada pelo São Paulo também aconteceu no primeiro turno, pois teve um aproveitamento melhor contra os dez primeiros colocados em comparação aos dez últimos.

De seus 21 pontos que disputou no primeiro turno, contra os dez últimos do campeonato, ganhou apenas 12 pontos. Ou seja, teve um aproveitamento de 57,14%.

Porém, contra os times de cima da tabela foram 18 pontos ganhos dos 27 disputados, e assim, obteve um aproveitamento de 66,6%.

O técnico do São Paulo Fernando Diniz após o empate contra o Vasco falou da dificuldade de enfrentar aqueles times que brigam contra o rebaixamento.

Para ele, essas equipes que lutam para fugir da zona de rebaixamento jogam com as linhas defensivas bem recuadas e marcam o tempo todo.

“Jogar contra linhas mais baixas para qualquer equipe é difícil, jogar contra um adversário que marca muito atrás. Não é só o São Paulo… Mas acho que o São Paulo conseguiu ter resultados importantes contra times que jogam mais atrás e mais abaixo na tabela. A gente tem jogo para furar as defesas mais retrancadas”, afirmou Diniz.

Neste sábado, o técnico será obrigado a mudar as peças em seu sistema defensivo e seguir na luta pela liderança do Campeonato Brasileiro.

Campeonato Brasileiro 2020
Fernando Diniz comandando o São Paulo | Foto: Divulgação São Paulo

Provável escalação

São Paulo tem dificuldades contra times debaixo da tabela - Jogos de hoje / reprodução: @Folhago
Jogos de hoje / reprodução: @Folhago

O time do São Paulo se reapresentou na manhã de quinta-feira, dia 26 de novembro, e Brenner e Hernanes, não jogaram contra o Ceará, pois estavam suspensos, mas treinaram normalmente.

Contra o Bahia, o atacante Brenner provavelmente deverá voltar ao time titular de Fernando Diniz no sábado, dia 28 de novembro. O time do São Paulo continuou em Fortaleza após o empate com o Ceará e viajará para a Bahia hoje, dia 27 de novembro, e treinará no CT do Vitória.

Um desfalque importante para o técnico do São Paulo é o zagueiro Diego Costa, que tomou o terceiro cartão amarelo e está suspenso do jogo.

Outro desfalque certo é o jogador Bruno Alves, que está sendo preservado após ter tido contato com um familiar com Covid-19, assim não viajou com a delegação, porém realizou exame na quarta-feira e teve resultado negativo.

Para a zaga, Fernando Diniz poderá utilizar Arboleda e Rodrigo, porém tem a possibilidade de ele utilizar Luan e Tchê Tchê improvisados

Desta forma, a provável escalação do São Paulo contra o Bahia será: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda (Rodrigo), Léo e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes e Gabriel Sara; Luciano e Brenner.

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies