Fernanda Torres se justifica na web após tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Atriz estava sendo acusada de ter se negado a tomar a vacina AstraZeneca

Nesta segunda-feira (14), Fernanda Torres utilizou a sua rede social para explicar o porquê não tomou a vacina contra a Covid-19 anteriormente. O posicionamento da atriz deu o que falar na web e vem recebendo muito apoio dos internautas.

Na publicação, Fernanda Torres afirmou que teve COVID em dezembro e que, quatorze dias depois da infecção, ela também apresentou uma alta súbita do D-Dímero. Por conta disso, ela precisou tomar anti-coagulante. Apesar do marcador ter baixado, até hoje ele não retornou ao nível normal.

-- Continuar depois da publicidade --

Fernanda também confessou que possui casos de trombose em sua família e, mesmo sabendo do risco da vacina da AstraZeneca, ela procurou pela Pfizer nos postos, cuja chegada ao Brasil havia sido anunciada nos jornais dois dias antes da sua data de vacinação.

“Fui como qualquer cidadão, não tive informação privilegiada e não pedi que alguém checasse no meu lugar porque achei que aquele era um ato que cabia a mim. Também não furei fila ou forjei atestados. O fato tornou-se público e contribuiu para alimentar o negacionismo, criando uma desconfiança infundada em torno da Astrazeneca, uma vacina extremamente eficaz e segura”, confessou a atriz.

-- Continuar depois da publicidade --

Fernanda Torres ainda informou que sua mãe tomou a segunda dose da AstraZeneca há um mês, seu irmão tomou AstraZeneca, bem como o seu enteado transplantado. Enfatizou que, hoje, em respeito à Fio Cruz, com toda a segurança, ela tomou a primeira dose da vacina AstraZeneca.

A atriz ressaltou que estava esperando muito tempo por essa hora tão especial e afirmou que está se sentindo muito aliviada por ela, finalmente, ter chegado. Fernanda ainda confessou que continuará usando máscara e mantenho o distanciamento social, até que o Brasil alcance uma taxa de vacinação compatível com o retorno a uma vida próxima do normal.

“Sei, na pele, que mesmo na forma branda a COVID é uma doença misteriosa, ainda desconhecida, que deixa sequelas. A melhor escolha é a vacinação”, escreveu Fernanda Torres, ao finalizar a publicação.

Comentário da redatora

O posicionamento de atrizes e atores frente a um país que ainda possui muitas dúvidas sobre a vacinação é de suma importância. Assim como Fernanda, desejamos que a vacinação no Brasil seja antecipada e que o quadro do país melhore o quanto antes.

 

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...