Túlio Gadêlha se manifesta sobre jovem nazista no Brasil

O namorado de Fátima Bernardes fez um texto reflexivo sobre o caso

Na noite desta quinta-feira (17), o deputado Túlio Gadêlha compartilhou, em suas redes sociais, um vídeo que chamou muita atenção da web. No vídeo, vemos um jovem usar o símbolo da suástica nazista em um shopping aqui do Brasil. A cena fez várias pessoas comentarem e refletirem sobre liberdade.

Túlio Gadêlha, que está atuando em várias frentes políticas, lançou um texto sobre a liberdade de opinião, dizendo sobre o que é liberdade e o que não é. Em suas palavras, fazendo referência ao acontecimento no vídeo, ele comentou:

-- Continuar depois da publicidade --

-- Continuar depois da publicidade --

“Hoje recebi esse vídeo pelo WhatsApp. Nele, assistimos um jovem com uma suástica no braço sendo repreendido por outra pessoa em um shopping [ao que me chega, em Caruaru], ao mesmo tempo em que é convidado a se retirar do estabelecimento pelo segurança do local. O jovem, indignado com a situação, responde: “eu estou na minha liberdade!”. E é sobre a liberar e o símbolo que devemos refletir…. O “discurso da liberdade” por muitas vezes foi utilizado para se cometer crimes bárbaros contra a humanidade.”, legendou Túlio Gadêlha.

Túlio Gadelha recebeu comentários

Muitos comentários foram deixados na publicação de Túlio Gadêlha que, sem dúvidas, chamou muita a atenção das pessoas que viram e convivem com pessoas intolerantes. Dentre todos os comentários, de manifestação revoltante, algumas pessoas disseram:

“Ele deveria ter saído do local, direto para uma delegacia.“, comentou um seguidor. “É aquele ditado, não se tolera o intolerável.”, disse ainda um segundo. “Eu fico tentando entender o que tem dentro da cabeça desse ser.”, completou um terceiro.

Pelos símbolos conhecereis

Muitos símbolos carregam a representação de algo que constitui a sua forma referencial. Nesse caso, é fácil perceber a menção que o símbolo faz, remetendo-se ao Nazismo. Eu, no fim, concordo com uma única coisa que esse jovem fez: concordo com o direito dele de expressar aquilo que tem dentro de si e, dessa forma, ser preso (pelo Nazismo em si, não pela liberdade de expressar a sua opinião).

É melhor um lobo que se parece como um lobo e age como um lobo, do que um lobo em pele de cordeiro, que traz muitas consequências negativas à humanidade. O Comunismo e o Socialismo, por exemplo, mataram mais de 94 milhões. Hoje, quantos não são adeptos ao Comunismo e o Socialismo e, mesmo sem símbolos, estão aí, defendendo essa ideia?

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...