Looks like you have blocked notifications!

Dor de ouvidos em cachorros; cuidados e dicas da veterinária

Entenda mais sobre a dor de ouvidos em cachorros

-- Continuar depois da publicidade --

Dor de ouvidos em cachorros. A otite é uma inflamação dolorosa do ouvido comum em cães e gatos. Detectar seus sintomas e colocar um tratamento o mais rápido possível é fundamental para evitar que ela se agrave e seja crônica, podendo levar à surdez. E é sobre isso que hoje (14/01), a Coluna Pets vai falar.

Leia também: Griffon de Bruxelas: saiba tudo sobre esse cachorro pequeno simpático

-- Continuar depois da publicidade --

Dor de ouvidos em cachorros

Dor de ouvidos em cachorros.
É preciso ter alguns cuidados com as orelhas dos pets Foto – Pixabay

Em primeiro lugar, precisamos entender exatamente o que é infecção de ouvido de cachorro, pois inicialmente podemos pensar que é o mesmo que otite.  No entanto, são dois termos diferentes.

A Otite é uma inflamação da orelha do cão e pode ter diversas causas como alergias, presença de corpos estranhos na cavidade auricular fúngicas ou infecções virais, ou bacterianas.

Nesse sentido, quando há infecção no ouvido, geralmente ocorre otite, pois a colonização do patógeno causa inflamação no conduto auditivo, porém nem sempre a otite é causada por infecção.

Se nosso cão sofre de uma infecção no ouvido, ele manifestará alguns dos seguintes sintomas:

  • Balança a cabeça com frequência.
  • Coçar excessivo na área da orelha.
  • Mau cheiro no ouvido.
  • Inchaço na área das orelhas e vermelhidão.
  • Perda de audição.
  • Lesões com crosta ou escamosas na área da orelha.
  • Sinais de dor.
  • Mudanças de comportamento, agressividade.
  • A perda de equilíbrio.

Logo, é de vital importância evitar a umidade na área interna das orelhas, especialmente em animais biologicamente predispostos a vários microorganismos que habitam essa área do corpo.

Portanto, outra ação que você pode realizar para prevenir a otite em seu cão é verificar periodicamente sua orelha e limpá-la.

Claro, não use cotonetes de ouvido porque o resultado pode ser contraproducente. É preferível que você use limpadores indicados para limpar orelhas de cães.

Confira: Raça de cachorro amoroso: confira 5 pets que adoram dar e receber carinho

Dicas e cuidados da veterinária Bruna Hermes

Dor de ouvidos em cachorros.
Dor de ouvidos em cachorros é algo muito comum, mas exige tratamento específico

A veterinária responsável pela Coluna Pets, Bruna Hermes, contou a redação um pouco mais sobre a dor de ouvidos em cachorros.

”Normalmente chamamos de otite que é uma inflamação no ouvido. Nos cães ocorre geralmente por terem a anatomia de sua orelha caída, por isso algumas raças acabam tendo uma predisposição para otite em função da anatomia do ouvido. A causa da otite pode ser várias, como fúngicas,  bacterianas ou parasitarias”.

-- Continuar depois da publicidade --

Logo, a doutora também esclareceu como ocorre em gatos:

“Normalmente os gatos quando apresentam otite é de origem parasitaria. Nos cães é mais associado a fungos e bactérias”.

Já sobre o tratamento, a indicação é sempre levar ao médico veterinário:

“O tratamento normalmente se dá ao levar o animal do veterinário,  para ele poder avaliar direitinho. Saber avaliar se é um quadro agudo, crônico. E também ver se é uma otite primária ou de uma otite secundária”, explicou.

Esse tratamento pode ser feito em casa conforme nos contou a doutora Bruna:

“O tratamento é feito pelo tutor em casa. O veterinário demonstra como que faz para higienizar o ouvido e aplicar o produto, e o tutor realiza o resto do tratamento em casa”.

Enfim, importante ressaltar para todos donos de pets que não devemos usar nos animais cotonetes de ouvidos, pois os mesmos podem causar danos irreparáveis, tais como surdez.

Prevenção de doenças do ouvido

O segredo para orelhas saudáveis ​​é mantê-las limpas, e é por isso que é recomendado limpar as orelhas do seu cão semanalmente.

Dessa forma, uma pequena quantidade de acúmulo de cera pode estar presente em ouvidos normais sem complicações.

Ouvido de cachorro
Ademais, o excesso de pelo ao redor da orelha pode ser aparado | Crédito: Convenio médico veterinário

Nesse sentido, se o seu cão nada muito, tem orelhas caídas ou histórico de doenças de ouvido, a limpeza de rotina (uma a três vezes por semana) é altamente recomendada.

Contudo, o excesso de pelo ao redor da orelha pode ser aparado para permitir mais fluxo de ar.

Siga as recomendações do seu veterinário sobre como tratar quaisquer condições subjacentes que predispõem seu cão a problemas de ouvido.

Além do mais, se seu cão tem um tímpano rompido ou enfraquecido, alguns produtos para limpeza de ouvido e medicamentos podem fazer mais mal do que bem.

Portanto, lembre-se, se o seu cão estiver apresentando grande desconforto, as orelhas estiverem com mau cheiro ou os canais auditivos parecerem anormais, não demore a entrar em contato com o veterinário.

Enfim, leia ainda: Como manter a saúde do cachorro em dia; veja 5 principais cuidados importantes

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...