Por que se come ave no natal: aprenda hoje um pouco mais sobre essa tradição incrível

Entre as tradições de natal está a de comer aves. E você sabe o por quê? É o que te mostraremos.

Comida de natal é sempre especial e são cheias de tradições. Mas então, por acaso você se sabe por que se come ave no natal? Hoje 21/12, a coluna WebNews, do Folha Go, vai  explicar o porquê. E ainda iremos mostrar algumas curiosidades sobre esse alimento ser tão  procurado e degustado nessa época do ano natalina.

ave no natal
Porquê se come ave no natal? (Imagem: Jornal O Dia)

Além de saboroso, esse alimento é bem famoso nas casas durante o período de natal não é mesmo? Na matéria abaixo, você vai entender de onde vem essa cultura, de se comer ave no natal. Confira!

Assim, leia mais: Rolê de frango recheado: uma delicia que rende 6 porções; perfeita com vinho branco

Tradições natalinas

Nessa época do ano, diversas tradições são realizadas, entre elas: Papai noel e a presença do momento mágico na vida das crianças. Ainda árvore de natal; presépios; cartões de natal, e, acima de tudo, a ceia natalina. Então, a mesma é recheada com pratos como maionese, farofa, saladas, nozes, panetones, frutas secas, rabanada e também carnes e aves.

Por que se come ave no natal

Contudo, especialmente as aves, de onde vem a origem de comê-las no natal? E, como ela se tornou parte da cultura de quem comemora essa época do ano?

Saiba que o hábito de se comer peru no natal surgiu em Plymouth, Massachusetts, nos Estados Unidos, no ano de 1621. Isso porque no dia se Ação de Graças serviram peru, até então criado pelos índios mexicanos. Então foi servido como um prato principal, para comemorar a data.

ave no natal
Por que se come ave no natal? (Imagem: Ibahia)

Em seguida, os espanhóis levaram a cultura para a Europa por volta do século 16, pois até então serviam gansos, cisnes e pavões, além de outras aves mais nobres.  E, no ano de 1549, foi oferecido a rainha Catarina de Médicis, em Paris, em um banquete que serviram por volta de 100 aves, se tornando um grande símbolo.

Dessa forma,  já no Brasil, a ave foi apreciada desde a época dos colonos, nas datas natalinas, sendo influenciado pela cultura americana. Assim como o chester que pelo baixo teor de gordura foi incluído na ceia.

Curiosidades sobre a ave no natal

Há algumas curiosidades sobre a presença das aves na ceia de natal, veja:

  1. No Brasil, são devorados cerca de 7 milhões de perus a cada Natal, porém, esse número é bem menor do que nos Estados Unidos, onde são consumidos cerca de 22 milhões de perus na mesma época do ano, sem contarmos os 44 milhões no Dia de Ação de Graças (onde tudo começou);
  2. O gastrônomo e filosofo Brillat Savarin (1755-1826) disse que o peru “é a maior, se não a mais fina, pelo menos a mais saborosa entre as aves domésticas, pois possui a qualidade única de reunir em torno de si todas as classes da sociedade”.

E, isso se deve ao fato de que, os homens mais ricos e também os menos abastardos se juntavam para comemorar e comerem as aves nessa época do ano.

Em suma, não importa qual será a escolha de ave no natal, o que importa é reunir as pessoas mais importantes e celebrar o verdadeiro significado do natal. Então, não deixe de celebrar, acima de tudo, e com muito amor e união.

Ademais, você também pode se interessar: Salmão ao forno com molho de chimichurri: saiba como preparar essa delícia.

 

Comments
Loading...