Animais de estimação são importantes na pandemia, mas exigem atenção

Os pets são companheiros de muitos tutores, e ainda ajudam no bem estar!

A relação de animais de estimação e humanos é uma trajetória longa. E parece que esse companheirismo aumentou ainda mais durante a pandemia do coronavírus. É que desde o surgimento da pandemia houve um aumento nas adoções e compras de animais, à medida que as pessoas procuravam a companhia deles para enfrentar os sentimentos de isolamento e ansiedade. É sobre isso que hoje (22/02) o Notícias Pet vai falar mais a respeito.

Leia também: Olhos dos felinos: conheça algumas curiosidades incríveis

A importância dos animais de estimação na pandemia

 animais de estimação
O número de animais de estimação aumentou na pandemia Foto – Pixabay

Embora muitos relatem que ter um animal de estimação tem ajudado a sua saúde mental, as pesquisas sobre os benefícios de ter um animal de estimação e a saúde mental ainda permanecem inconclusivas.

Assim, até o momento, as evidências mostram, sem dúvida, que interagir com animais pode ter uma série de benefícios para nossa saúde mental e física.

Embora não seja inteiramente certo o que trazem em relação aos benefícios, o fato é que durante a pandemia, os animais foram excelentes companheiros para muitos tutores.

Estudos relatam benefícios do animais

Estudos têm mostrado, por exemplo, que possuir animais pode estimular a atividade física. Isso é especialmente verdadeiro para proprietários de cães e cavalos.

A pesquisa também sugeriu que os animais de estimação podem ser benéficos para a saúde mental e o bem-estar devido ao apego ou companhia fornecida pelo animal.

Mas por que essas descobertas são tão inconclusivas? Uma razão para isso está relacionada à forma como os estudos nessa área vêm sendo conduzidos.

Muitas pesquisas que temos, nesse sentido atualmente,  são tópico que se basearam em estudos observacionais (como pesquisas ou entrevistas).

Em outras palavras, em vez de pesquisa de intervenção (aquela que experimenta e observa); como um ensaio clínico randomizado que divide os indivíduos em dois ou mais grupos, mas apenas aloca um tratamento ou intervenção para um dos grupos para ver o efeito.

Isso pode tornar difícil tirar conclusões confiáveis ​​sobre seus resultados. A tendência de publicar resultados positivos em vez de negativos (denominado “ viés de publicação ”) também pode ter um impacto negativo na percepção das pessoas.

Confira também: Plantas tóxicas para gatinhos: saiba quais são e proteja seu pet

Adoção de animais

Animais de estimação
Mesmo sendo excelentes companheiros, é preciso também ficar atento a saúde dos animais Foto – Pixabay

A adoção de animais de estimação surgiu como alternativa de acompanhamento e contenção de pessoas durante a quarentena e a crise de saúde.

Diante disso, os especialistas recomendam que antes de se adotar seja feita uma reflexão familiar para ver se os cuidados necessários podem realmente ser prestados.

Você deve-se considerar também que o animal pode ter uma história pregressa que o faz precisar de mais atenção e dedicação para se adaptar.

Outro fator importante na hora de decidir pela adoção é ter em mente que os animais têm uma história passada, o que afeta sua personalidade e forma de relacionamento.

É verdade que esse passado pode ser bom, mas outras vezes é desfavorável para eles. Então o melhor, certamente é avaliar todas as circunstâncias envolvidas.

Pontos de atenção

Por exemplo, se houve negligências, algum tipo de abuso ou a maus-tratos. São situações que deixam problemas físicos ou comportamentais no animal.

Mesmo assim, especialistas também alertam atenção a saúde emocional dos próprios bichinhos, que em alguns casos não estavam acostumados com a companhia do tutor antes da pandemia.

De qualquer modo, mesmo sendo uma excelente companhia é sempre bom lembrar que adotar ou comprar um animal de estimação exige responsabilidade e uma série de cuidados.

 Por fim, leia também: Porque os gatos gostam de dormir com seu tutor: veja 5 razões do comportamento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.