Entenda a diferença entre gato feral e gato doméstico

Você sabe o que é gato feral?

Você já ouviu o termo gato feral antes? Na verdade, o nome é bastante autoexplicativo, tendo em vista que esses animais não estão habituados com a presença de humanos. Hoje, 03/03, o Blog Pets do Folha GO te conta a diferença entre esses felinos e os gatos domésticos. 

Leia mais: Conheça a personalidade dos gatos de estimação e saiba qual combina com você

O gato feral é um gato selvagem, contudo, aquele felino de rua não é necessariamente um feral, ele pode ser apenas um gato arisco que está tentando sobreviver. 

O que é gato feral? 

gato-feral-2
Gato feral é um gato selvagem, que não possui convívio com humanos. (Imagem: PxHere)

Gato feral é aquele animal que cresceu em meio selvagem e, por conta disso, não mantiveram contato com os humanos. Se você for analisar geneticamente, eles e os gatos domésticos não possuem diferenças, mas seus comportamentos são bastante distintos. 

Geralmente, esses bichanos moram em colônias e vivem de caça e outros alimentos que encontram. De acordo com estimativas, existem cerca de 100 milhões de ferais apenas nos Estados Unidos. Infelizmente, não existem dados para os demais países, mas a ocorrência deles é muito comum no mundo todo. 

Uma grande diferença entre o gato feral e o domesticado é sua estrutura corporal. Tendo em vista que os selvagens necessitam caçar e sobreviver, eles possuem um corpo mais musculoso. Seus pelos podem apresentar uma aparência mais rústica e isso ocorre, pois não possuem os cuidados necessários para ter uma pelagem mais macia. 

Por fim, vale ressaltar que gato feral e gato de rua não são a mesma coisa. Enquanto o primeiro vive em comunidade e evita o contato com seres humanos, o segundo consegue se socializar tranquilamente. 

Leia mais: 4 coisas que os gatos odeiam nos humanos; veja agora mesmo!

É possível transformar um gato selvagem em doméstico? 

gato-feral-3
Com muito esforço, um gato feral pode ser domesticado. (Imagem: PxHere)

Caso você tenha encontrado um gato feral e quer adotá-lo, saiba que é possível reverter esse caso e transformá-lo em um gato doméstico. Porém, para que isso ocorra, será necessário ter muita paciência, além de empatia e amor. Quanto mais velho o animal, mais difícil será essa socialização, podendo nunca ocorrer. 

O ideal para essa reversão é que o gato feral tenha até três meses, pois esse é o período em que eles estão mais abertos às novas experiências. Após isso, os felinos já desenvolveram um instinto para se manter longe dos humanos. 

É muito importante lembrar que um gato de rua não é um gato feral, portanto, é possível e super recomendado você adotar um bichinho abandonado. Assim, ele vai ganhar uma segunda chance de ter uma família. 

O que é gato doméstico? 

gato-feral-4
Gato doméstico é aquele que está acostumado com o convívio humano. (Imagem: PxHere)

Agora que você já entendeu o que é um gato selvagem e a sua diferença com um gato de rua, vamos contar o que define um gato domesticado. Assim, você conseguirá distinguir todos com maior clareza. 

Um gato doméstico é aquele que sua espécie descendeu de um animal selvagem, porém, evoluíram e foram capazes de se adaptar com o convívio humano.  

Esses animais possuem muitas diferenças físicas e de comportamento se comparado aos gatos selvagens e, por isso, se tornam dependentes dos humanos para conseguir alimento. Como já estão acostumados a ter um tutor, apresentam dificuldades em sobreviver sozinhos. 

Leia mais: Ragdoll gato doméstico de pelo comprido: confira 5 curiosidades do felino

Enfim, agora você conhece o gato feral e as principais diferenças entre eles e um gato domesticado. Lembrando que gatos de ruas não são considerados ferais e podem ser adotados tranquilamente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.