Gatos pequenos: veja 8 raças lindas e que não crescem

Estes gatinhos fofos vão deixar todos encantados

O Blog Pets do Folha Go deste domingo, 21/03, preparou uma lista de 8 raças de gatos pequenos que não crescem. Se você ama gatinhos, e adoram toda aquela fofura, deve conhecer estas raças de gatos, pois eles são pequenos e ocupam pouco espaço.

Ademais, leia também: Gato Munchkin: conheça o fantástico animal de estimação que é anão

Os gatos pequenos são animais raros e sendo animais super carinhosos
Os gatos pequenos são animais raros e sendo animais super carinhosos – Foto: Wikipédia

Neste artigo, vamos mostrar para você algumas raças de gatos, que são considerados os menores do mundo. Estes gatos pequenos, inclusive são ideais para quem vive em apartamento, além disso vamos explicar a origem e características de cada um.

Conheça as 8 raças de gatos pequenos que não crescem

Gatos são fofos de qualquer tamanho, os felinos têm um poder encantador e divertido de deixar todos apaixonados por eles. Os gatos pequenos são uma ótima escolha para um ambiente familiar.  Então, confira abaixo as 8 raças de gatos pequenos!

gatos pequenos
Confira alguns gatos pequenos que são uma ótimas escolhas para um ambiente familiar | Crédito pinterest

Minskin

O Minskin está na lista de gatos pequenos considerada exótica, pois ele tem uma aparência incomum, e que pode estranhar um pouco. Suas patinhas são curtas, orelhas grandes e a pelagem quase inexistente. Sendo assim, essa raça tem sua origem americana, e vem do cruzamento derivado de diversas outras raças.

 

Napoleon está lista de gatos pequenos

Esse gatinho ganhou este nome por causa do imperador francês, Napoleão Bonaparte, que era baixinho. O gato Napoleon surgiu do cruzamento entre o Munchkin e o Persa, e tem como características arredondadas de pernas curtas.

Lambkin

O Lambkin é um gato muito afetuoso, ele é pequeno e pesa no máximo entre dois a quatro quilos, tem pêlos crespos e encaracolados. Dessa forma, os tutores precisam escovar diariamente para manter os fios bonitos. Assim como os pelos, os bigodes também são enrolados. Esse pequeno surgiu no final dos anos 80, e veio da mistura do Munchkin e o Rex Selkirk.

Genetta

Essa é uma raça experimental que foi criada em 2006, ele veio da mistura de raças como Savannah, Bengala e Munchkin.  O Genetta possui as pernas curtas, o corpo com aparência semelhante a um fuinha, ele lembra muito um leopardo. Ele é um animal comum em Portugal.

Gato Elfo

Esse é outro gatinho que tem uma aparência exótica, ele tem as orelhinhas curvas e de pontas arredondadas. Além disso, eles têm as perninhas curtinhas e gordinhas, e a pele enrugadinha e sem pelo. Por conta disso, os bichanos precisam tomar banho frequentemente, além de limpar os olhos e as orelhas diariamente.

Portanto, leia também: Gato anão Munchkin: veja os cuidados necessários para criar um pet de pernas curtas

Kinkalov

Esse é um gato muito raro, existindo menos de 100 deles espalhados pelo mundo, venho do cruzamento do munchkin com american curl. Estes gatinhos têm como principais características o tamanho pequeno, patas curtas e orelhas dobradas. 

Bambino

O Bambino é um gato de origem americana e veio do cruzamento do Munchkin e Sphynx, essa mistura de um gato careca e outro de perna curta surgiu este bichano. Assim como todo gato sem pêlos, precisa de cuidados extras, afinal eles liberam muito sebo. Então, o banho precisa ser regular. A personalidade dele é extremamente sociável, carinhoso e genuíno!

Devon Rex está lista de gatos pequenos

O Devon Rex é um dos gatos pequenos que precisa de cuidados diariamente
O Devon Rex é um dos gatos pequenos que precisa de cuidados diariamente – Foto: Pinterest

Essa raça está na lista de gatos pequenos que não crescem, e a sua origem britânica aconteceu de forma acidental, na década de 60. Ele já foi muito criticado, mas hoje o Devon Rex ganhou admiradores. Ele tem uma personalidade dócil, e sendo animal fácil de cuidar, e quem não tem muito tempo para cuidar, pode ser uma ótima opção.

Dessa maneira, leia também: Cachorro grande cruzar com outro pequeno: isso é bom ou ruim? Saiba o que fazer

Para obter mais conteúdos siga o Folha Go no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.