Cearense de coração, sou formada em Filosofia pela Universidade Federal do Cariri e pós graduada em Letras. Atuo como...

Linguagem corporal dos gatos: entenda o que seu pet quer dizer

Raça de Gato Balinês: conheça mais sobre o primo do gato Siamês | Fonte WordPress.com

Os gatos são animais muito reservados e não demonstram suas emoções com tanta facilidade, assim como os cães. No entanto, eles possuem sim sentimentos e têm várias formas de demonstrar. Dessa forma, conhecer a linguagem corporal dos gatos vai te ajudar a proporcionar um maior bem-estar ao seu pet e entender o que ele quer. Portanto, confira nessa segunda-feira (17/02) aqui no Notícias de Hoje para Pets algumas dicas de como entender o que seu bichano.

Linguagem corporal dos gatos: entenda o que seu pet quer dizer – Imagem: divulgação linhapet

Leia também: Raça Sphynx: veja curiosidades desse gato famoso da série Friends

Linguagem corporal dos gatos: posição da cauda

Os gatos usam a cauda não somente para o equilíbrio, mas também para comunicar aos humanos e outros animais o que estão sentindo.

Entender o que cada posição e movimento da cauda quer dizer vai tornar o relacionamento com seu gato mais harmonioso e divertido.

Desse modo, quando o gato está feliz a sua cauda vai ficar em pé, demonstrando assim que seu gatinho está muito à vontade com você e com toda a situação ao seu redor.

Contudo, se a cauda do gato estiver em meia altura e um pouco encurvada, quer dizer que ele está interessado em algo e pode aprontar a brincadeira porque ele vai adorar.

No entanto, a posição da cauda também pode significar ansiedade; ou seja, a cauda estará reta, podendo estar com ela quieta ou movendo a ponta de um lado para outro.

Preste atenção também na posição do corpo, pois os gatos ficam com as patas traseiras baixas. É importante diferenciar, no entanto, do estado de caça: nesse caso, a posição das patas dianteiras estará dobrada em conjunto com as patas traseiras.

Assim sendo, a ansiedade é um distúrbio que também está presente nos felinos e que quanto antes você identificar, melhor será para  o seu amigo.

Preste atenção nos indicativos

Outra posição importante de se observar é quando a cauda fica para baixo e com os pelos eriçados, movendo-se rapidamente de um lado para o outro, pois nessa posição o felino encontra-se com medo ou muito preocupado.

Sendo importante você não mover bruscamente o gato, uma vez que isso indicará para ele uma ameaça. Em vez disso, tente eliminar qualquer fator que esteja causando essa reação para o gato.

Mas e quando o gato está bravo e sentindo-se ameaçado? A cauda fica reta, com os pelos eriçados e o dorso do animal arqueado.

Veja ainda: Gato Toyger: conheça as características do felino que parece tigre

Posição das orelhas

Linguagem corporal dos gatos: entenda o que seu pet quer dizer – Imagem: Divulgação opresenterural

Os felinos possuem vários músculos faciais que permitem com que girem as orelhas quase que 180 graus, o que dá a eles uma amplitude incrível para detectar de onde está vindo o som.

No entanto, eles também usam esse membro para demonstrar seus sentimentos e como estão em relação com o ambiente.

Quando estão com as orelhas eretas e voltadas para a frente, isso é um indicativo que estão à vontade e quase que indiferentes ao ambiente.

Essa posição também pode ser um convite para uma brincadeira leve e delicada com seu tutor.

Mas, se seu gatinho estiver com as orelhas eretas, porém afastadas ou viradas para os lados ou baixas, é melhor se distanciar, pois nesse momento ele está nervoso e muito estressado.

Dessa forma, conhecendo um pouco sobre a linguagem corporal dos gatos em diferentes ocasiões, você poderá ajudar o seu pet a manter a saúde emocional, além de proporcionar uma maior qualidade de vida para seu amigo peludo.

Confira agora: Curiosidades do gato preto: veja 3 motivos para adotar esse pet

[amp_card_cta ga="UA-180299209-10" label= " Nova notificação" link="https://bit.ly/3tuonK3" rel="nofollow" cta="Acessar" close="Fechar" msg="Confira agora!" emoji=""]
ID do canal inválida ou não há videos.
comportamentogatospetpets
Daniela Marinho: Cearense de coração, sou formada em Filosofia pela Universidade Federal do Cariri e pós graduada em Letras. Atuo como professora no ensino médio nas redes pública e privada. Há quase um ano e meio, comecei a atuar como redatora freelancer desenvolvendo trabalhos em nichos variados. Assim, como forma de me especializar na área, fiz os cursos de "Produção de Conteúdo para Web", "Gestão de Mídias Sociais" e "Marketing de Conteúdo" pela Universidade Rock Content. Dessa forma, alinho duas paixões: a educação e a escrita. Essa afinidade se deve, em grande parte, ao meu amor pela literatura, sobretudo no que diz respeito às temáticas filosóficas, políticas, feministas e artísticas. Na música não é diferente: há dias de Belchior e dias de Led Zeppelin. Escrevo para o Folha Go nas categorias de Finanças/Cidadania e no Blog Pets. Para sugestões, comentários e contato: (65) 99924-8700 - contato@folhago.com.br
Leave a Comment
Related Post