Looks like you have blocked notifications!

Cachorro pode comer banana? Descubra se a fruta traz benefício ou prejuízo a saúde animal

Entenda mais sobre esse assunto que costuma ser polêmico com a opinião da veterinária Bruna Hermes

-- Continuar depois da publicidade --

Cachorro pode comer banana? Realmente há muitas dúvidas no mundo dos pets. E é essa dúvida que hoje (20/04), o Cidades do Folha Go, caro leitor, vai trazer algumas respostas. Por isso nós temos esse intuito de ajudar você, e assim trazer informações relevantes. Logo, nosso objetivo é conversar com fontes que esclareçam sempre tais dúvidas. 

Inclusive, a veterinária Bruna Hermes já orientou em outras matérias do site, sobre o consumo de frutas dos pets. Como ela afirma, a banana está liberada, mas sempre com cautela: “Cuidar para não dar frutas cítricas. Pode dar banana, melancia e melão. Já laranja, bergamota, kiwi nem pensar”,  alerta a doutora. Mas vamos entender mais porque essa fruta o cão pode comer. Acompanhe no decorrer da matéria.

-- Continuar depois da publicidade --

Ademais, leia também: Cachorro pode comer chocolate? Veterinária responde as principais dúvidas

Qual banana pode dar para cachorro? 

Cachorro pode comer banana? Descubra se a fruta traz benefício ou prejuízo a saúde animal Foto – Patas de casa

Realmente a boa notícia é que as bananas são frutas que você pode alimentar o seu cachorro. Uma vez que as bananas não são apenas seguras, mas também fornecem muitos benefícios. 

Para começar, as bananas são uma excelente fonte de fibra dietética, que pode ajudar a promover a digestão e a aliviar os problemas gastrointestinais do seu animal de estimação. 

Porém, a casca da banana pode ser prejudicial ao seu cão porque, embora não seja tóxica, pode ser difícil de digerir, podendo causar entupimento, dependendo do tamanho do cão e da quantidade de casca que ingere. E, respondendo a perguntas, podemos dar qualquer tipo de banana, mas as mais indicada é a prata.

Quais frutas o cachorro não pode comer? 

Por fim, existem sim alimentos proibidos para cães que você nunca deve compartilhar com seu melhor amigo de quatro patas, se não quiser prejudicar a sua saúde. 

Embora, existam frutas que são benéficas para nosso melhor amigo, existem outras que não são, além daquelas citadas acima. O abacate, por exemplo, contém uma toxina chamada Persin, podendo prejudicar a saúde do cão. Logo, alguns cães são alérgicos a ela, pois, causa problemas digestivos e dificuldades respiratórias.

Nesse sentido, embora o motivo ainda não esteja claro, uvas e passas são prejudiciais (causam insuficiência renal) para esses animais, mesmo em pequenas quantidades.

-- Continuar depois da publicidade --

Quanto às maçãs, pêssegos e damascos, a fruta em si não é prejudicial, mas sim, suas sementes, caroços e cascas contêm pequenas quantidades de cianeto. Nessas quantidades, elas não são prejudiciais aos humanos, mas os cães não podem processá-las.

Quantas bananas o cão pode consumir? 

Cachorro pode comer banana? Descubra se a fruta traz benefício ou prejuízo a saúde animal Foto – Patas de casa Foto -Segredos do mundo

Inclusive, existem muitas receitas que combinam o bom gosto da banana com outras comidas para cães. 

Sobre o consumo, falando em uma banana de tamanho médio, cerca de 20 centímetros: 

  • Cães pequenos: de um quarto a um terço; 
  • Cachorros médios: um terço a metade;
  • Cães grandes: de meio a um inteiro.

Como servir? 

  • Em pequenos pedaços, como guloseimas; 
  • Amassado no prato ou dentro de um brinquedo interativo recarregável; 
  • Em cubos de gelo congelados.

Quais são as frutas que o cão pode comer? 

Como já exemplificamos, muitas frutas são adequadas para os mascotes, mas nem todos podem ter a mesma sensação. Em outras palavras, provavelmente, aquela que é dada a um pode causar uma reação alérgica, mas em outro não.

Na lista das mais comuns que podem causar alergias está a maça, pera, morango e melancia. Mas é sempre bom conversar com o veterinário para que ele possa orientar melhor e esclarecer as dúvidas, principalmente dependendo do cão e do seu histórico familiar.

Ademais, deixe seu comentário e compartilhe a matéria com seus contatos.

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...