Looks like you have blocked notifications!

O chef Henrique Fogaça fala com revista italiana sobre o uso medicinal da maconha

A entrevista foi publicada no mês de abril na publicação italiana “Be Leaf”

-- Continuar depois da publicidade --

O famoso jurado do programa culinário MasterChef, exibido pela Band, compartilhou com seus seguidores no Instagram, uma entrevista concedida a uma revista italiana sobre os benefícios do uso medicinal da maconha. Apoiador desse tipo de terapia medicinal, o chef Henrique Fogaça falou sobre os benefícios obtidos pela sua filha com o uso das substâncias medicinais da erva. Leia mais sobre o assunto hoje, 18 de abril, no Folha Go.

Fogaça se posiciona avidamente sobre o uso medicinal da maconha para tratamento de algumas condições mais sérias

-- Continuar depois da publicidade --

Henrique Fogaça é um chef de cozinha renomado no Brasil. Neste sábado, ele virou assunto nas redes sociais ao defender o uso medicinal da maconha. Em uma postagem no Instagram, onde Fogaça acumula mais de 3 milhões de seguidores, o cozinheiro perguntou aos seus seguidores: “Você acredita na medicina através da maconha?”

Assim, leia mais: Vacina Contra A Fome, Campanha Do Governo De São Paulo, Continua A Todo Vapor

Dessa forma, a discussão na postagem rendeu mais de trezentos comentários entre apoiadores e pessoas discordando do posicionamento de Henrique. O chef foi firme ao defender sua ideia, convidando as pessoas a saberem mais sobre o assunto.

A filha de Henrique é portadora de uma síndrome rara que faz com que a criança apresente episódios de epilepsia
A filha de Henrique é portadora de uma síndrome rara que faz com que a criança apresente episódios de epilepsia – Foto: Canva Pro

-- Continuar depois da publicidade --

Filha de Henrique precisa do tratamento

A filha de Henrique é portadora de uma síndrome rara que faz com que a criança apresente episódios de epilepsia. O organismo dela também apresenta resistência aos remédios anticonvulsivantes, o que torna o tratamento mais difícil. Devido a isso, o uso medicinal do Canabidiol entra em cena como uma opção efetiva para proporcionar qualidade de vida à menina.

A Anvisa aprovou o uso medicinal e controlado da erva no país no ano de 2016. O efeito da planta, nessas situações, não é psicoativo, mas sim, terapêutico. Com isso, a planta não gera efeito alucinógeno. A liberação visa facilitar a importação de medicamentos à base do composto, já que o Brasil não produz esse tipo de remédio no seu território.

Em suma, a postagem com trechos da entrevista concedida pode ser vista no perfil do chef no Instagram (@henrique_fogaca74). Assim, sua fala completa está disponível no site da revista italiana. Henrique Fogaça buscou dialogar com seus seguidores de forma a trazer luz sobre a questão do uso medicinal da maconha no Brasil, pois a situação ainda é alvo de muito preconceito.

Portanto, confira também: Valeria Trapaga, Sommelier Especialista Em Degustação Do Mate, Diz Que A Erva É Democrática

 

Looks like you have blocked notifications!

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...