Auxílio emergencial fica muito abaixo do valor da cesta básica

Valor foi reduzido em relação a 2020 e não alcança valor da cesta básica para famílias com mais de duas pessoas

O governo federal enviou uma proposta para o Congresso Nacional no qual solicitava aprovação de medidas fiscais, para redução de gastos públicos e, também, para o retorno do pagamento de mais quatro rodadas de auxílio emergencial em 2021. Mas nesta quinta-feira (25) é importante mencionar que, as novas cotas, não sustentam sequer uma cesta básica para quatro pessoas.

Após três meses sem pagar auxílio à população, mesmo com os números da pandemia de coronavírus cada vez mais altos, atingindo patamares que sequer foram vistos no ano de 2020, o novo auxílio emergencial chega para a população com valor reduzido em comparação até com o benefício que já havia sofrido redução no fim de 2020.

-- Continuar depois da publicidade --

No ano passado, o governo pagou cinco meses de auxílio com valor de R$ 600 e R$ 1.200, este para mães solteiras. Nos quatro meses finais do ano, os valores foram reduzidos pela metade no que foi chamado de “auxílio residual”.

Auxílio emergencial fica muito abaixo do valor da cesta básica
Auxílio emergencial fica muito abaixo do valor da cesta básica (Foto: Adréa Rêgo Brarros/PCR)

Já em 2021, na situação mais assustadora da pandemia no Brasil, os valores são novamente reduzidos em relação ao que eram praticados em 2020.

Leia mais: Calendário Do Bolsa Família Do Mês De Março: Veja as Datas de 2021

De quanto será o auxílio emergencial em 2021?

Através da PEC 186/2019, enviada pelo Poder Executivo e aprovada por senadores e deputados federais, ficou definido que haverá quatro parcelas de auxílio emergencial com os seguintes valores:

  • R$ 375 – para famílias que possuírem mulher como provedora.
  • R$ 150 – para famílias de uma pessoa só ou em que a mulher não seja a provedora.

Com isso, o valor médio do benefício a ser pago nos próximos quatro meses não passa de R$ 250.

-- Continuar depois da publicidade --

Leia também: Mãe Chefe De Família Do Bolsa Família Vai Receber Quanto Em 2021? Confira

Valor do auxílio não chega nem perto da cesta básica

Através de seu perfil no Twitter, Ciro Gomes, ex-prefeito, governador e ministro, candidato à presidência da República em 2018, fez duras críticas ao valor que está foi definido como auxílio emergencial em 2021.

Na opinião do ministro da Fazenda durante a gestão de Itamar Franco, entre setembro de 1994 a janeiro de 1995, o valor do benefício passa longe do custo médio da cesta básica no Brasil atualmente.

Bolsonaro e Guedes estão arrebentando a economia brasileira e levando nosso povo ao desespero! Sabe qual o auxílio emergencial que vem aí? É no valor de 150 reais, enquanto a cesta básica custa 630 reais. E o salário mínimo tem hoje seu menor poder de compra dos últimos 15 anos!”, escreveu o vice-presidente nacional do PDT.

Checamos os valores de cestas básicas no Brasil

Com o valor de R$ 150, é possível adquirir somente a cesta básica pequena, com 25 itens, que custa aproximadamente R$ 104 nos supermercados.

Já com o auxílio de R$ 375, a cesta básica com 40 itens pode ser adquirida por R$ 248.

Já uma cesta com 98 itens, ideal para famílias maiores por longo período, tem custo de R$ 695.

A cesta básica com 151 itens pode ser encontrada por até R$ 990.

Leia ainda: Dogecoin: Saiba Tudo A Respeito Dessa Criptomoeda Que Começou Como Um Meme

-- Continuar depois da publicidade --

Comments
Loading...