Anúncio

IPVA 2021: veja o calendário de pagamento e as possíveis perdas de isenção

O pagamento do imposto está perto de começar e o estado de São Paulo elimina cerca de 60% de veículos que possuíam isenção

Anúncio


Já adentramos no último mês do ano. Portanto, o pagamento do IPVA 2021 já começa a entrar no orçamento do brasileiro. Ele é um imposto estadual e é cobrado pelos estados membros da federação brasileira. Por isso, os calendários de pagamentos de alguns estados já estão sendo divulgados.

Continua depois da publicidade

São Paulo é o estado com a maior frota de veículos do Brasil. Em sendo assim, o foco da presente matéria será para as regras exigidas dentro desse estado. Além de informar como será a modificação das exigências, para que os portadores de deficiência possam estar isentos do pagamento desse imposto, em São Paulo.

Cada cidadão deverá ficar atento ao calendário próprio do seu estado e, também, ao final do número da placa do veículo. Pois o prazo para realização do parcelamento ou pagamento da primeira parcela, na maioria dos estados, acontece logo no primeiro mês de 2021.

Continua depois da publicidade

Saiba também: Ainda dá tempo de ter a restituição DPVAT 2020; veja como fazer

Continua depois da publicidade

Como parcelar o IPVA 2021?

O parcelamento do IPVA 2021 pode ser feito na Secretaria de Fazenda do estado (SEFAZ), onde será necessária a apresentação dos documentos pessoais e também do veículo.

Alguns despachantes realizam este serviço, porém, é comum que eles cobrem uma taxa pelo trabalho.

Como já citado, cada estado possui as suas regras e exigências, então o parcelamento será feito de acordo com elas. Em São Paulo, é possível pagar em até três vezes. Mas se o pagamento total for realizado à vista, o cidadão terá um desconto de 3%.

Em outros estados as regras podem mudar. Em Sergipe, por exemplo, o pagamento pode ser feito em até quatro vezes e os descontos para a quitação total até a data de  26 de fevereiro, será de 10%.

O pagamento das parcelas pode ser feito por meio dos bancos conveniados, tendo a necessidade de apresentar o RENAVAM e a placa do carro. Veja algumas instituições onde será possível quitar os valores mensais propostos:

  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Banrisul e outros.

Todos os dados apresentados foram retirados do site oficial do IPVA BR na data apresentada no começo da matéria. As tabelas do IPVA 2021 poderão ser encontradas no site oficial do DETRAN de cada estado. Mas para exemplificar como elas serão apresentadas, veja o calendário completo do estado de São Paulo:

PARCELA: 1ª Parcela ou cota única com Desconto 2ª Parcela ou cota única sem desconto 3ª Parcela
PLACA DIA DO VENCIMENTO DIA DO VENCIMENTO VENCIMENTO
Final 1 09/01 11/02 11/03
Final 2 10/01 12/02 12/03
Final 3 13/01 13/02 13/03
Final 4 14/01 14/02 16/03
Final 5 15/01 17/02 17/03
Final 6 16/01 18/02 18/03
Final 7 17/01 19/02 19/03
Final 8 20/01 20/02 20/03
Final 9 21/01 21/02 23/03
Final 0 22/01 24/02 24/03

IPVA 2021: São Paulo | Fonte: Detran-SP

Leia mais: Benefícios do MEI: chance de ter carro 0km com 30% de desconto; vejaTabela

Mudança na lei de isenção de impostos

IPVA 2021: calendário de pagamento e perda de isenção de pagamento
IPVA 2021: calendário de pagamento e perda de isenção de pagamento | Foto:RawPixel

Os portadores de deficiência que tiveram a aquisição de carros PCD (pessoa com deficiência), no estado de São Paulo, após a criação da lei e até o ano de 2020, possuem isenção do imposto sobre a propriedade de veículos.

Mas, o governo está promovendo algumas modificações , visando um ajuste fiscal. Então, a partir do próximo ano, de acordo com a Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo, mais de 60% dos veículos devem perder a isenção do IPVA 2021.

Esta modificação está ligada à lista de deficiências, que terá uma reformulação; pois de acordo com a Secretaria da fazenda, a isenção deve ser dada para quem realmente precisa do benefício.

Outro ponto que fez com que o governo tomasse essa medida, foi a desconfiança no aumento de fraudes. Pois, de acordo com informações ditas pela gestão Dória, houve um aumento desproporcional de isenções de impostos no estado de São Paulo.

É importante lembrar que a mudança citada está prevista para ser validada, até o presente momento, apenas no estado de São Paulo.

Pode ser do seu interesse: Saiba tudo sobre restituição do DPVAT e quem tem direito

Carregando comentários aguarde...
...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies