Adoção de animais de estimação cresce na pandemia; veja cuidados ao adotar

Animais de estimação são uma ótima companhia, especialmente em tempos de confinamento.

Anúncio


Com a pandemia do coronavírus e a necessidade de isolamento social, muitas pessoas se sentiram sozinhas em casa. Por isso, a adoção de animais cresceu no mundo inteiro. Afinal, eles podem ser ótimos companheiros para quem está longe da famílias e amigos. E hoje, 8/11 o Folho Go fala mais sobre adoção de animais e dicas de cuidados.

Continua depois da publicidade

Com a  impossibilidade de ver os familiares, o tempo em casa e a solidão se somaram deixando as pessoas mais sensíveis. É por isso que a adoção de animais de estimação foi essencial para muitas pessoas durante a pandemia de Covid-19.

Mas,  para quem ainda não adotou e está pensando nisso, lembre-se que qualquer animal de estimação exige dedicação e alguns cuidados.

Continua depois da publicidade

Leia aqui: Adoção de animais não é só sobre vontade; entenda melhor

Continua depois da publicidade

Aumento da adoção de animais

adoção de animais
Adoção de animais cresce na pandemia; veja cuidados ao adotar Foto – Bing

Segundo informações divulgadas, somente em  São Paulo, a organização não governamental União Internacional Protetora dos Animais (UIPA), que fica na Zona Norte, registrou um crescimento de 400% na procura por animais para adoção, especialmente cães e gatos.

Logo, para aqueles que conseguiram adotar um animal de estimação nos últimos meses ou os que o fizerem a partir de agora poderão apreciá-los mais do que o normal.

A situação atual, que o obriga a ficar em casa, permite que você passe mais tempo com seu cão ou gato.

Veja ainda: Animais de estimação: confira curiosidades sobre os seus pets

Dicas para quem vai adotar um animal de estimação

 

Adoção de animais
Adoção de animais cresce na pandemia; veja cuidados ao adotar | Foto – Bing

Primeiramente, essas são algumas dicas para as primeiras fases do relacionamento com o animal, seja ele gato ou cachorro.

Prepare sua casa

Desde já remova qualquer coisa que possa ser danificada e esteja preparado porque os animais gostam de brincar e haverá objetos que poderão cair e sem quebrarem. Tenha cuidado com alguns tipos de plantas que podem ser tóxicas para os animais.

Socializar

Os animais precisam conhecer e se acostumar com as pessoas com quem vão viver. Seja como for, o confinamento força você a passar muito tempo em casa e facilita esse processo de adaptação. No caso dos cães, os passeios são essenciais.

Vá ao veterinário

Os centros veterinários permaneceram abertos durante a pandemia. Se precisar ir a algum para vacinar seu animal de estimação ou porque ele está doente, marque uma consulta.

O exercício é importante

Tal como acontece com os humanos, o exercício é importante para os animais de estimação. Se você tem um cachorro, pode sair para praticar esportes com ele. Você também pode levá-lo para um passeio, caso more no campo. Os gatos têm muita energia e há muitos itens que podem ajudar a mantê-los ativos em casa.

Prepare-se para quando você estiver ausente

Chegará o momento em que você recuperará um pouco de sua rotina anterior e deixará de passar tanto tempo com seu animal de estimação. Caso vá sair por um período maior, pense com quem irá deixá-lo.

Portanto, essas foram algumas dicas. Quando for adotar lembre-se da responsabilidade, e que, dependendo do animal ele pode viver até 20 anos em sua companhia.

Leia também: Novembro Azul e Pets: câncer de próstata também afeta os animais. Confira

Gostou dessa matéria? Acompanhe mais em nossas redes sociais e compartilhe: FacebookInstagranTwinter e Pinterest

Carregando comentários aguarde...
...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler mais

Política de Privacidade e Cookies